MPF: Gilmar Mendes quer acabar com poder investigatório do MP'

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

MPF: Gilmar Mendes quer acabar com poder investigatório do MP'

Mensagem  forum vitimas Bancoop em Qui Ago 17 2017, 13:36

Gilmar Mendes quer acabar com poder investigatório do MP', 
diz procurador da Lava-Jato


Carlos Fernando dos Santos Lima criticou o ministro

 do STF nas redes sociais



POR MAURÍCIO FERRO
17/08/2017 9:39 / atualizado 17/08/2017 13:33

O procurador Carlos Fernando dos Santos Lima durante coletiva de imprensa - Geraldo Bubniak / Agência O Globo/26-05-2017



RIO - Procurador da Lava-Jato, Carlos Fernando dos Santos Lima afirmou na manhã da última quarta-feira nas redes
 sociais que o ministro Gilmar Mendes, membro do Supremo Tribunal Federal (STF) e presidente do Tribunal Superior 
Eleitoral (TSE), quer acabar com o poder de investigação do Ministério Público (MP).

"Gilmar Mendes quer acabar com o poder investigatório do Ministério Público. Sem esse poder, a Operação Lava-Jato
 não teria chegado onde chegou. Qual o real objetivo de Gilmar Mendes?", escreveu Carlos Fernando Lima em sua 
conta pessoal no Facebook.


O comentário do procurador se refere a um texto que ele mesmo transcreveu, que afirma que o ministro é crítico 
dos Procedimentos Investigatórios Criminais (PICs) abertos pela Procuradoria-Geral da República autonomamente 
e "vê no expediente um caso de abuso de autoridade" do Ministério Público Federal (MPF). O mesmo texto transcrito 
afirma que, por isso, Gilmar poderia provocar ao STF a rediscutir os limites do poder de investigação do MP.


"Ministro quer rever também poder de investigação do MP


Responsável pela mudança de placar no entendimento sobre o momento do início de cumprimento da pena de
 prisão, o ministro Gilmar Mendes pode, ainda, provocar a rediscussão, pela Corte, dos limites de poder de
 investigação do Ministério Público Federal. Mendes tem alegado que há mais de mil Procedimentos Investigatórios 
Criminais (PICs) abertos pela Procuradoria-Geral da República de forma autônoma e vê no expediente um caso de 
abuso de autoridade por parte do MPF. Este é mais um caso em que, para que a discussão seja aberta pelo 
Supremo Tribunal Federal, alguém tem de levar o assunto ao plenário".


OUTRAS CRÍTICAS A GILMAR


Esta não é a primeira vez que Carlos Fernando Lima faz críticas a Gilmar Mendes. No dia 19 de junho, também 
por meio do Facebook, o procurador afirmou que o ministro "ameaça todo o combate à corrupção de retrocesso".


"Gilmar Mendes ameaça todo combate à corrupção de retrocesso. Quer impedir o Ministério Público de investigar. 
Quer impedir a execução da pena após a decisão de 2º grau. Precisamos resistir e fazer valer as leis
 e a Constituição, e não a vontade de déspotas pouco esclarecidos", escreveu.


Já no dia 29 de junho, o procurador acusou o ministro de "tentar promover a impunidade", em outra de suas
 postagens da rede social. De acordo com Lima, Gilmar tenta anular as provas de crime de corrupção 
produzidas pela Lava-Jato.


Por sua vez, Gilmar também critica a investigação. No último dia 8, ele disse que o Ministério Público virou 
"terra de ninguém". Durante um julgamento na Segunda Turma, o ministro afirmou que a Procuradoria-Geral
 da República mantém 2.800 procedimentos de investigação criminal sem qualquer controle do Judiciário.




https://oglobo.globo.com/brasil/gilmar-mendes-quer-acabar-com-poder-investigatorio-do-mp-diz-procurador-da-lava-jato-21715484

forum vitimas Bancoop
Admin

Mensagens : 6841
Data de inscrição : 25/08/2008

http://bancoop.forumotion.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum