Conselho manda abrir processo contra Bancoop

Ir em baixo

Conselho manda abrir processo contra Bancoop Empty Conselho manda abrir processo contra Bancoop

Mensagem  forum vitimas Bancoop em Sab Ago 30 2008, 22:42

Conselho manda abrir processo contra Bancoop

Ação pede que dirigentes indenizem cooperados que foram prejudicados

Fausto Macedo

O Conselho Superior do Ministério Público Estadual rejeitou arquivamento de investigação sobre supostas irregularidades na Cooperativa Habitacional dos Bancários (Bancoop) e determinou abertura de ação judicial, com base no Código de Defesa do Consumidor. O objetivo é condenar os dirigentes da entidade a indenizarem cooperados por danos materiais e morais. A ação, que ficará a cargo da Promotoria do Consumidor, vai requerer que a Bancoop seja obrigada, em caráter liminar, a adotar 5 medidas - inclusive proibição de novos lançamentos imobiliários enquanto não forem registradas as incorporações de todos os empreendimentos já feitos. Visa a obrigar a Bancoop a devolver todas as importâncias pagas aos cooperados que solicitarem sua retirada da cooperativa em valores atualizados e no máximo em 6 parcelas.

A Bancoop foi fundada há 11 anos por iniciativa do Sindicato dos Bancários de São Paulo. O presidente Lula é cooperado. Ele adquiriu apartamento no Guarujá. Ricardo Berzoini, deputado e presidente do PT, é um dos fundadores. A Bancoop é alvo de dezenas de ações judiciais e de investigação policial.

A decisão do Conselho Superior tem grande impacto social. Milhares de cooperados alegam ter sido “vítimas de um engodo”. Recorreram à Promotoria do Consumidor, que abriu inquérito civil. A representação foi arquivada inicialmente.

O arquivamento de inquérito passa pelo crivo do conselho, formado por procuradores de Justiça com larga experiência em todas as áreas de atuação do Ministério Público. O caso Bancoop mereceu atenção especial do colegiado que, por 9 votos a 1, impediu o arquivamento e mandou abrir ação civil pública, seguindo manifestação do procurador Marco Antonio Zanellato, conselheiro-relator. Contra a decisão do conselho não cabe recurso.

Em seu voto, de 59 páginas, o procurador assinalou “condutas abusivas” da Bancoop. Destacou que mais de 3 mil cooperados não receberam seus imóveis em virtude da paralisação e do abandono das obras. “Como afirmar que não existe relevância social a justificar a intervenção do Ministério Público?”, despachou Zanellato.

MARCO ANTONIO ZANELLATO
Procurador de Justiça
Conselheiro-Relator



ACESSE O VOTO:

http://www.scribd.com/doc/6435696/Voto-DrZanellato-X-Bancoop-06-08-2007

Voto Dr.Zanellato X Bancoop 06 08 2007
--------------------------------------------------------------

FONTE DESTA MATERIA:

http://www.mp.sp.gov.br/portal/page/portal/clipping/publicacao_clipping/2007/Agosto/448FF05F70742FEBE040A8C02C013604
----------------------------

link com texto e REJEICAO DE ARQUIVAMENTO DO CASO

http://www.divshare.com/download/5080297-d89

=======================

forum vitimas Bancoop
Admin

Mensagens : 7030
Data de inscrição : 25/08/2008

http://bancoop.forumotion.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum