Justiça quebra sigilo bancário da Bancoop

Ir em baixo

Justiça quebra sigilo bancário da Bancoop Empty Justiça quebra sigilo bancário da Bancoop

Mensagem  forum vitimas Bancoop em Sab Ago 30 2008, 22:41

Justiça quebra sigilo bancário da Bancoop

Suspeita é de apropriação indébita, estelionato e formação de quadrilha; petistas estão entre associados

Fausto Macedo

A Justiça quebrou o sigilo bancário da Cooperativa Habitacional dos Bancários de São Paulo (Bancoop), alvo de inquérito policial que apura supostos crimes de estelionato, apropriação indébita e formação de quadrilha. A devassa atinge todos os dados cadastrais e bancários de contas correntes, contas de poupança, fundos de investimento e fundos de ações de titularidade da Bancoop. A ordem foi dada pelo Departamento de Inquéritos Policiais (Dipo), setor da Justiça estadual que fiscaliza as investigações da polícia.

O pedido para acesso às informações bancárias da Bancoop foi feito pelo delegado Sérgio Ricardo Silva, que dirige o inquérito Bancoop, número 232/07. O requerimento, integralmente acolhido pela Justiça em julho, é também subscrito pelo promotor de Justiça José Carlos Blat. A Justiça mandou a Bancoop fornecer os números das contas correntes de todos os empreendimentos imobiliários, com a respectiva agência, apontando os responsáveis pela movimentação financeira. Na semana passada, começaram a chegar os extratos bancários da cooperativa, criada há 11 anos por iniciativa do Sindicato dos Bancários.

O deputado Ricardo Berzoini (PT) é fundador da entidade, que tem entre os cooperados o presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O Ministério Público suspeita que 3 mil cooperados tenham sido lesados - eles alegam não ter recebido a chave dos imóveis nem a escritura e denunciam pressões para desembolsar valores não previstos contratualmente para cobrir rombo financeiro da cooperativa.

A Bancoop não pode ter fins lucrativos, mas, segundo o promotor, seus membros são “sócios cotistas de empresas que prestam serviços como empreiteiras e fornecem matéria prima”. O promotor Blat destaca que os associados “agem com proveito econômico próprio, com efetiva finalidade lucrativa, transformando, assim, a cooperativa em verdadeira empresa comercial”. Segundo ele, “verifica-se que a cooperativa está voltada para o mercado imobiliário como uma empreiteira qualquer”.

“Transformaram a Bancoop em negócio lucrativo, utilizando os benefícios da lei para lesar, em tese, milhares de cooperados. Não há fiscalização na gestão dos empreendimentos e da movimentação bancária. Há notícia de captação de recursos junto ao mercado financeiro através de um contrato de cessão de direitos e obrigações de cooperados criando um Fundo de Direitos Creditórios”, afirma o promotor.



http://www.mp.sp.gov.br/portal/page/portal/clipping/publicacao_clipping/2007/Agosto/448FF05F723A2FEBE040A8C02C013604

forum vitimas Bancoop
Admin

Mensagens : 7030
Data de inscrição : 25/08/2008

http://bancoop.forumotion.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum